Inspiração Diária com Deus de 02 de Junho

PUBLICIDADE

A antiga retidão do trabalho – Inspiração Diária de 02 de Junho

ORE CONOSCO 

Porque é uma infâmia, e é delito pertencente aos juízes. Porque é fogo que consome até à perdição, e desarraigaria toda a minha renda. Jó 31:11,12

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 02 DE JUNHO

Disse Jó: eu fiz um pacto com os meus olhos, não ficar em nenhuma virgem, agora, que ações Deus distribui nas alturas, que lotes Shaddai atribui do céu, se não desastre para os malvados, e calamidades para os iníquos? Mas com certeza ele vê como eu me comporto, ele não conta todos os meus passos? Eu tenho sido um companheiro de viagem com falsidade? Ou apressou meus passos em direção ao engano?

PUBLICIDADE

Se ele me pesa em escalas honestas, sendo Deus, ele não pode deixar de ver a minha inocência, se meus pés se desviaram do caminho certo, ou se os meus olhos desviaram o meu coração, ou se minhas mãos estiverem sorridentes com alguma mancha, deixar outro comer o que eu tenho semeado, e deixar que os meus jovens brotos sejam todos erradicados.

Se alguma vez eu tiver infringido os direitos de escravo ou serva em ações legais contra mim o que devo fazer, quando Deus se levantar? O que direi, quando Ele se erguer? Eles, não menos do que eu, foram criados no ventre pelo mesmo Deus que nos moldou a todos dentro de nossas mães. Se a minha terra chama por vingança na minha cabeça e cada sulco corre com lágrimas, se sem pagamento eu comi frutas cultivadas nela ou dado àqueles que lá trabalhavam causar gemidos, deixar crescer silvas onde antes estava o trigo, e ervas daninhas onde a cevada prosperava.

Eu tenho sido insensível às necessidades dos homens pobres, ou deixar que os olhos de uma viúva se escureçam? Ou tirar a minha parte de pão sozinho, não dar uma parte para o órfão? Eu, a quem Deus tem fomentado como pai, desde a infância, e guiado desde que deixei o ventre de minha mãe. Alguma vez vi um desgraçado precisar de roupas, ou um mendigo que vai pelado, sem que ele tenha motivos para me abençoar do seu coração, enquanto ele sentia o calor do velo dos meus cordeiros?

Eu levantei a mão contra os sem culpa? Presumindo o meu crédito no portão? Se sim, então deixe meu ombro cair de sua tomada, meu braço se estilhaçou na articulação. O terror de Deus iria de fato descer sobre mim; como eu poderia manter minha posição diante de Sua Majestade? Quem pode me conseguir uma audiência de Deus?

PUBLICIDADE

Eu tenho tido minha palavra, de A a Z; agora deixe Shaddai me responder, quando o meu adversário redigir seu escrito contra mim vou usá-lo no meu ombro, e amarrá-lo na minha cabeça como um turbante real. Eu lhe darei um relato de cada passo da minha vida, e ir tão corajosamente como um príncipe para conhecê-lo.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Que ações Deus distribui nas alturas, senão o desastre para os maus e as calamidades para os iníquos? Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando o mal e o bem. Certamente ele vê como eu me comporto: ele não conta todos os meus passos? Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando o mal e o bem.

SEGUNDA LEITURA

Sobre a falsa paz espiritual

O homem que encontra falhas consigo mesmo aceita todas as coisas alegremente infelicidade, perda, vergonha, desonra e qualquer outro tipo de adversidade. Ele acredita que é merecedor de todas essas coisas e nada pode perturbá-lo. Ninguém poderia estar mais em paz do que este homem.

Mas talvez você me ofereça essa objeção: “Suponhamos que o meu irmão me magoa, e ao examinar-me, descubro que não lhe dei nenhuma causa. Por que eu deveria me culpar?”. Certamente, se alguém se examinar cuidadosamente e com temor a Deus, nunca se encontrará completamente inocente. Ele verá que deu alguma provocação por uma ação, uma palavra ou por sua maneira.

Se ele não for culpado de nenhuma dessas maneiras, certamente deve ter ferido esse irmão de alguma maneira em algum outro momento. Ou talvez ele tenha sido uma fonte de aborrecimento para algum outro irmão. Por esta razão, ele merece suportar o ferimento por causa de muitos outros pecados que ele cometeu em outras ocasiões.

Alguém pergunta por que ele deveria se acusar quando estava sentado pacificamente e em silêncio, quando um irmão veio sobre ele com uma palavra indelicada ou insultuosa. Ele não pode tolerar isso, e assim ele pensa que sua raiva é justificada. Se aquele irmão não se tivesse aproximado dele e dito aquelas palavras e o tivesse perturbado, ele nunca teria pecado.

Esse tipo de raciocínio é certamente ridículo e não tem base racional. Pois, o fato de ter dito alguma coisa nesta situação rompe a cobertura da raiva apaixonada dentro dele, que é ainda mais exposta pela sua ansiedade excessiva. Se ele quisesse, ele faria penitência. Ele se tornou como um grão de trigo limpo e brilhante que, quando quebrado, está cheio de sujeira por dentro.

O homem que se julga calmo e pacífico tem dentro de si uma paixão que não vê. Um irmão surge, profere alguma palavra grosseira e imediatamente todo o veneno e lama que se escondem dentro dele são expelidos. Se ele deseja misericórdia, deve fazer penitência, purificar-se e esforçar-se para se tornar perfeito.

Ele verá que deveria ter voltado graças a seu irmão, em vez de devolver o dano, porque seu irmão provou ser uma ocasião de lucro para ele, não demorará muito para que ele não se incomode mais com essas tentações. Quanto mais perfeito ele crescer, menos essas tentações o afetarão. Pois, quanto mais a alma avança, mais forte e mais poderosa ela se torna em suportar as dificuldades que encontra.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO