Inspiração Diária com Deus de 02 de Novembro

PUBLICIDADE

A rebelião e morte de Matthias – Inspiração Diária de 02 de Novembro

ORE CONOSCO

E o SENHOR me disse: Vai outra vez, ama uma mulher, amada de seu amigo, contudo adúltera, como o SENHOR ama os filhos de Israel, embora eles olhem para outros deuses, e amem os bolos de uvas. E comprei-a para mim por quinze peças de prata, e um ômer, e meio ômer de cevada; E ele lhe disse: Tu ficarás comigo muitos dias; não te prostituirás, nem serás de outro homem; assim também eu esperarei por ti. Oséias 3:1-3

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 02 DE NOVEMBRO

Nesses dias, Matathias filho de João, filho de Simeão, um sacerdote da linhagem de Joaribe, deixou Jerusalém e instalou-se em Modein. Os comissários do rei que estavam a impor a apostasia vieram à cidade de Modein para os fazer sacrificar. Muitos israelitas reuniram-se à sua volta, mas Matatias e os seus filhos afastaram-se.

PUBLICIDADE

Os comissários do rei dirigiram-se então a Matatias da seguinte forma: “És um líder respeitado, um grande homem nesta cidade; tens filhos e irmãos para te apoiar. Sê o primeiro a dar um passo em frente e cumpre o decreto do rei, como todas as nações fizeram, e os líderes de Judá e os sobreviventes em Jerusalém; tu e os teus filhos serão contados entre os Amigos do Rei, tu e os teus filhos serão honrados com ouro e prata e muitos presentes”.

Levantando a sua voz, Mathias retorquiu: “mesmo que todas as nações que vivem nos domínios do rei lhe obedeçam, renunciando cada uma à sua religião ancestral para se conformarem aos seus decretos, eu, os meus filhos e os meus irmãos continuaremos a seguir o pacto dos nossos antepassados.

O Céu preserva-nos do abandono da Lei e da sua observância, quanto às ordens do rei, não as seguiremos: não nos desviaremos da nossa própria religião nem para a direita nem para a esquerda. Quando terminou de falar, um judeu apresentou-se à vista de todos para oferecer sacrifício no altar em Modein, como o édito real exigia.

Quando Mattathias viu isto, foi despedido com zelo; agitado até à profundidade do seu ser, deu vazão à sua legítima raiva, atirou-se sobre o homem e massacrou-o no altar. Ao mesmo tempo, matou o comissário do rei que estava lá para impor o sacrifício, e deitou abaixo o altar.

PUBLICIDADE

No seu zelo pela Lei, agiu como Phinehas agiu contra Zimri, filho de Salu. Então Mattathias atravessou a cidade, gritando ao cimo da sua voz: “Que todos os que têm fervor pela Lei e tomam a sua posição sobre o pacto saiam e me sigam”. Depois fugiu com os seus filhos para as colinas, deixando todos os seus bens para trás na cidade.

Logo se juntaram a eles uma comunidade de Hasidae, homens de luta robusta de Israel, cada um deles um voluntário do lado da Lei. Todos os refugiados da perseguição juntaram-se a eles, dando-lhes um apoio adicional. Organizaram-se numa força armada, atacando os pecadores na sua ira, e os renegados na sua fúria, e aqueles que os escaparam fugiram para os pagãos por segurança.

Mattathias e os seus amigos fizeram uma digressão, derrubando os altares e circuncidando à força todos os rapazes que encontraram incircuncisos nos territórios de Israel. Caçaram os primeiros passos, e geriram a sua campanha com bons resultados. Tiraram a Lei do controlo dos pagãos e dos reis, e roubaram aos homens pecadores a sua vantagem.

Quando os dias de Matatias estavam a chegar ao fim, ele disse aos seus filhos: “A arrogância e o ultraje estão agora no ascendente; é um período de tumulto e ódio amargo. Este é o momento, meus filhos, para que tenham um fervor ardente pela Lei e deem as vossas vidas pelo pacto dos nossos antepassados.

PUBLICIDADE

Aqui está o vosso irmão Simeão, sei que ele é um homem de bom senso. Ouçam-no toda a vida; deixem-no tomar o lugar do vosso pai. Judas Maccabaeus, forte e corajoso desde a sua juventude, que seja o vosso general e que conduza a guerra contra os pagãos.

O resto de vós é inscrever nas vossas fileiras todos aqueles que cumprem a Lei, e exigir vingança pelo vosso povo. Retribuam os pagãos ao máximo, e mantenham-se firmes na ordenança da Lei. Depois abençoou-os e foi colocado com os seus antepassados. Ele morreu no ano cento e quarenta e seis e foi enterrado no seu túmulo ancestral em Modein, e todo o Israel o lamentou profundamente.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Lembrem-se dos feitos dos nossos antepassados, cada um na sua própria geração, e ganharão honra e renome eterno. Meus filhos, retirai da lei a vossa coragem e força, pois por ela ganhareis grande glória, e ganhareis honra e renome eterno.

PUBLICIDADE

SEGUNDA LEITURA

O dever dos cristãos de construir a paz

Os cristãos devem cooperar, de boa vontade e de todo o coração, na construção de uma ordem internacional baseada no respeito genuíno pela liberdade legítima e numa fraternidade de amizade universal. Isto é tanto mais urgente quanto a maior parte do mundo ainda vive uma pobreza tal que nas vozes do próprio Cristo pobre pode ser ouvido, clamando por caridade por parte dos seus seguidores.

Há nações, muitas delas de maioria cristã, que gozam de uma abundância de bens, enquanto outras são privadas das necessidades da vida, e sofrem de fome, doenças e todo o tipo de aflições. Este escândalo deve ser afastado entre os homens, pois a glória da Igreja de Cristo e o seu testemunho ao mundo são o espírito de pobreza e o espírito de amor.

Os cristãos, especialmente os jovens cristãos, merecem louvor e apoio quando se oferecem voluntariamente ao serviço de outras pessoas e outras nações. De facto, é dever de todo o povo de Deus, com os bispos a darem o exemplo e a palavra, fazer tudo o que estiver ao seu alcance para aliviar os sofrimentos do nosso tempo, seguindo o costume secular da Igreja em dar não só o que podem poupar, mas também o que precisam para si próprios.

Sem ser uniforme ou inflexível, deveria ser estabelecido um método de recolha e distribuição de contribuições em cada diocese e nação e a nível mundial. Sempre que se afigure apropriado, deveria haver uma acção conjunta entre católicos e outros cristãos.

O espírito de caridade, longe de proibir a prudência e a ordenação na acção social e caritativa, exige-os de facto. Aqueles que pretendem servir os países em vias de desenvolvimento devem, portanto, ser submetidos a uma formação adequada e sistemática.

A fim de promover e encorajar a cooperação entre homens, a Igreja deve estar presente e ativa na comunidade das nações. Deve trabalhar através das suas próprias organizações públicas com a plena e sincera cooperação de todos os cristãos no seu único desejo de servir toda a humanidade.

Este fim será alcançado mais eficazmente se os próprios fiéis estiverem conscientes das suas responsabilidades humanas e cristãs e procurarem despertar entre aqueles que se encontram no seu próprio caminho de vida uma prontidão para cooperar com a comunidade internacional.

Deve ser tomado especial cuidado em dar este tipo de formação aos jovens na sua educação religiosa e secular. Finalmente, é de esperar que, no desempenho das suas responsabilidades na comunidade internacional, os católicos procurem cooperar ativa e construtivamente com outros cristãos, que professam o mesmo Evangelho de amor, e com todos os homens que têm fome e sede de verdadeira paz.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO