Inspiração Diária com Deus de 07 de Maio

PUBLICIDADE

Os sete cálices da ira de Deus – Inspiração Diária de 07 de Maio

ORE CONOSCO 

E os sete anjos que tinham as sete pragas saíram do templo, vestidos de linho puro e resplandecente, e cingidos com cintos de ouro pelos peitos. E um dos quatro animais deu aos sete anjos sete taças de ouro, cheias da ira de Deus, que vive para todo o sempre. Apocalipse 15:6,7

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 07 DE MAIO

Depois disso, na minha visão, o santuário, a Tenda do Testemunho, abriu-se no céu, e saíram os sete anjos com as sete pragas, vestindo linho branco puro, presos na cintura com cintos dourados. Um dos quatro animais deu aos sete anjos sete taças de ouro cheias da ira de Deus, que vive pelos séculos dos séculos. A fumaça da glória e do poder de Deus encheu o templo para que ninguém pudesse entrar nele até que as sete pragas dos sete anjos estivessem completas.

PUBLICIDADE

Então ouvi uma voz do santuário gritando para os sete anjos: vai, e esvazia as sete taças da ira de Deus sobre à terra. O primeiro anjo foi e esvaziou a sua taça sobre a terra; de uma só vez, em todo o povo que tinha sido marcado com a marca da besta e tinha venerado a sua estátua, vieram as chagas nojentas e virulentas.

O segundo anjo esvaziou a sua taça sobre o mar, e ela se transformou em sangue, como o sangue de um cadáver, e todos os seres vivos do mar morreram.
O terceiro anjo esvaziou sua tigela nos rios e nas fontes de água, e eles se transformaram em sangue. Então ouvi o anjo da água dizer: tu és o Santo Eu-eu-e-Eu, o Justo, e este é um castigo justo: eles derramaram o sangue dos santos e dos profetas, e sangue é o que tu lhes deste de beber; é o que eles merecem’.

E ouvi o próprio altar dizer: verdadeiramente, Senhor Deus Todo-Poderoso, os castigos que dás são verdadeiros e justos. O quarto anjo esvaziou sua taça sobre o sol e ela foi feita para queimar as pessoas com suas chamas; mas embora as pessoas fossem queimadas pelo calor ardente dela, eles amaldiçoavam o nome de Deus que tinha o poder de causar tais pragas, e eles não se arrependeram e o louvaram.

O quinto anjo esvaziou a sua taça sobre o trono da besta e todo o seu império foi mergulhado nas trevas, os homens mordiam a língua por causa da dor, mas ao invés de se arrependerem pelo que haviam feito, amaldiçoavam o Deus do céu por causa de suas dores e feridas. O sexto anjo esvaziou sua taça sobre o grande rio Eufrates; toda a água secou para que fosse feito um caminho para que os reis do Oriente entrassem.

PUBLICIDADE

Então, das garras do dragão e da besta e do falso profeta, vi três espíritos imundos; pareciam rãs e, na verdade eram espíritos demoníacos, capazes de fazer milagres, saindo para todos os reis do mundo para chamá-los juntos para a guerra do Grande Dia de Deus todo poderoso. Assim vai ser: eu virei como um ladrão. Feliz o homem que ficou acordado e não tirou a roupa para não sair nu e expor sua vergonha.

Eles chamaram os reis juntos no lugar chamado, em hebraico, Armagedom, o sétimo anjo esvaziou sua taça no ar, e uma voz gritou do santuário: “Chegou o fim”. Depois houve relâmpagos, trovões e o terremoto mais violento que alguém já viu desde que há homens na terra. A Grande Cidade foi dividida em três partes e as cidades do mundo ruíram; a Babilônia, a Grande, não foi esquecida: Deus a fez beber a copa de vinho cheia de sua raiva.

Cada ilha desapareceu e as montanhas desapareceram; e o granizo, com grandes pedras de granizo pesando um talento, cada uma, caiu do céu sobre o povo. Amaldiçoaram a Deus por enviar uma praga de granizo; era a praga mais terrível.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Se o dono da casa soubesse em que parte da noite o ladrão estava vindo, ele teria observado. Quando eu vier, diz o senhor, eu virei como um ladrão. Feliz o homem que estiver acordado quando eu vier, aleluia. Quando as pessoas disserem: há paz e segurança, então a destruição repentina virá sobre elas. Quando eu vier, diz o senhor, eu virei como um ladrão, feliz o homem que estiver acordado quando eu vier, aleluia.

SEGUNDA LEITURA

O novo mandamento

O Senhor Jesus declara que está dando aos seus discípulos um novo mandamento, para que se amem uns aos outros: eu dou-vos um novo mandamento: que se amem uns aos outros. Mas esse mandamento não fazia já parte da antiga lei de Deus, onde está escrito: amarás o teu próximo como a ti mesmo? Por que, então, é chamado novo pelo Senhor, quando é realmente tão antigo?

É novo porque nos despojou da nossa velha humanidade e nos vestiu com o novo? É verdade que o amor renova aqueles que o escutam (ou melhor, aqueles que agem em obediência a ele), mas é esse amor particular que o Senhor distinguiu de todo afeto carnal, acrescentando amor uns aos outros, como eu vos amei.

Este é o amor que nos renova, tornando-nos homens novos, herdeiros do Novo Testamento, cantores da nova canção, foi este amor, meus amados irmãos, que renovou os patriarcas e profetas de outrora, e depois renovou os abençoados apóstolos. Este é o amor que agora renova as nações, e de entre a raça universal do homem, que se espalha por todo o mundo, está fazendo e reunindo um novo povo, o corpo do recém-casado esposo do Filho unigênito de Deus.

Dela diz o Cântico dos Cânticos: Quem é ela que está subindo, vestida de branco? Vestida de branco, porque foi renovada; e como pode ter sido renovada senão pelo novo mandamento? Por causa disso, os membros do povo de Deus têm um interesse mútuo; e se um membro sofre, todos os membros sofrem com isso; e se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com isso.

Por isso eles ouvem e observam isso: dou-vos um novo mandamento: amai-vos uns aos outros: não como pessoas que fingem amar para se corromperem umas às outras, nem como pessoas que se amam genuinamente, mas de uma maneira humana. Ao contrário, amam-se uns aos outros como aqueles que pertencem a Deus. Todos eles são filhos do Altíssimo e, consequentemente, irmãos de seu Filho único.

Partilham entre si o amor com que Ele os conduz ao fim que lhes trará a realização e a verdadeira satisfação de seus verdadeiros desejos. Porque, quando Deus é tudo em todos, não há desejo que não seja satisfeito.

Esse amor nos é concedido por aquele que disse: “assim como eu vos amei, também vós deveis amar-vos uns aos outros”. Ele nos amou para que nos amemos uns aos outros. Ao amar-nos, ligou-nos uns aos outros em amor mútuo, e por esse laço gentil nos uniu no corpo do qual ele é a Cabeça mais nobre.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO