Inspiração Diária com Deus de 10 de Dezembro

PUBLICIDADE

A festa de Deus – Inspiração Diária de 10 de Dezembro

ORE CONOSCO

E o Senhor dos Exércitos dará neste monte a todos os povos uma festa com animais gordos, uma festa de vinhos velhos, com tutanos gordos, e com vinhos velhos, bem purificados. E destruirá neste monte a face da cobertura, com que todos os povos andam cobertos, e o véu com que todas as nações se cobrem. Isaías 25:6,7

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 10 DE DEZEMBRO

A canção dos redimidos, nesta montanha, o senhor dos Exércitos se preparará para todos os povos um banquete de comida rica, um banquete de vinhos finos, de alimentos ricos e suculentos, de vinhos finos coados. Nesta montanha, ele removerá o véu de luto que cobre todos os povos, e a mortalha que envolve todas as nações, ele destruirá a Morte para sempre.

O Senhor limpará as lágrimas de cada bochecha; ele vai tirar a vergonha de seu povo em todos os lugares da Terra, pois o senhor o disse, naquele dia, será dito: Veja, este é o nosso Deus em quem esperávamos a salvação; o Senhor é aquele em quem esperávamos. Exultamos e nos regozijamos
que ele nos salvou; para a mão do Senhor descansa sobre esta montanha.

Moab é pisoteado onde ele está enquanto a palha é pisada no poço de esterco; e lá ele estica suas mãos como um nadador que estende suas mãos para nadar, mas o Senhor refreia seu orgulho e o que quer que suas mãos tentem. Suas paredes arrogantes e elevadas ele destrói, ele derruba, ele os atira no pó.

Naquele dia, esta canção será cantada na terra de Judá: temos uma cidade forte; para nos guardar, ele nos colocou muro e muralha sobre nós, abram os portões! Deixem a nação direita entrar, ela, a fiel cuja mente é inabalável, que mantém a paz, porque ela confia em você. Confie no Senhor para sempre, pois o Senhor é a Rocha Eterna; ele trouxe para baixo aqueles que viviam no alto na cidadela íngreme; ele a faz descer, a faz cair no chão,
atira-a para baixo na poeira: os pés dos humildes, as pegadas dos pobres pisar nela.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Ouvi uma voz alta do trono falando: agora a casa de Deus está com os homens! Ele viverá com eles, e eles serão seu povo e ele será seu Deus. O Senhor Deus engolirá a morte para sempre, e enxugará as lágrimas de todos os rostos, e eles serão seu povo e ele será seu Deus.

SEGUNDA LEITURA

As promessas de Deus nos são dadas através do Filho

Deus decretou um tempo para fazer promessas e um tempo para que as promessas fossem cumpridas, o tempo para fazer promessas foi o tempo dos profetas, terminando com João Batista, o último profeta. Desde então até o final é o tempo para o cumprimento das promessas, Deus é fiel, ele se fez nosso devedor, não recebendo nada de nós, mas nos prometendo tanto.

A promessa por si só não era suficiente para ele: ele a queria por escrito, para que pudesse ser mantido, praticamente firmando conosco um contrato que listava as promessas que ele estava fazendo. Dessa forma, quando ele começou a cumprir suas promessas, pudemos ver a ordem de seu cumprimento, olhando a Escritura, portanto, o tempo dos profetas era (como já disse tantas vezes) o tempo de fazer promessas.

Ele nos prometeu salvação eterna e uma vida interminável de bem-aventurança com os anjos, e uma herança imperecível, a alegria de ver seu rosto, uma morada com ele no céu, e o medo da morte afastado de nós através da ressurreição. Esta é, se você quiser, sua promessa final, esperamos ansiosamente por ela, e quando a alcançarmos, não queremos mais nada.

Mas quanto a como este fim final deve ser alcançado, ele também nos disse em promessas e profecias, ele prometeu aos homens que eles serão como Deus; aos mortais, prometeu a imortalidade; aos pecadores, a justiça; aos humildes, a glória. De fato, irmãos, porque o que Deus prometeu parecia incrível para os homens que da mortalidade, decadência, fraqueza, humildade, pó e cinzas eles deveriam se tornar iguais aos anjos de Deus ele não apenas assinou um contrato com eles para convencê-los.

Ele enviou, não apenas qualquer príncipe, não qualquer anjo ou arcanjo, mas seu único Filho, o caminho pelo qual ele deveria nos conduzir até o fim que nos havia prometido através de seu Filho, ele nos mostraria esse caminho. Mesmo assim, não bastava que Deus enviasse seu Filho para indicar o caminho ele fez de seu Filho o caminho em si, para que pudéssemos seguir nossa jornada guiados por ele enquanto caminha em seu próprio caminho.

Assim, o único Filho de Deus era vir aos homens, assumir a humanidade e assim morrer, ascender ao céu e sentar-se à direita do pai, e assim cumprir o que ele havia prometido entre as nações. Depois que essa promessa às nações tivesse sido cumprida, ele cumpriria sua outra promessa, de vir, de exigir o retorno do que ele havia dado, de separar os vasos da ira dos vasos da misericórdia, de dar aos ímpios o que ele havia ameaçado e aos justos o que ele havia prometido.

Tudo isso tinha que ser profetizado e predito, tinha que ter sua vinda anunciada, não podia vir de repente e inesperadamente, causando terror e alarme: as pessoas tinham que estar esperando por ela com fé.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO