Inspiração Diária com Deus de 11 de Dezembro

PUBLICIDADE

Uma promessa de ressurreição – Inspiração Diária de 11 de Dezembro

ORE CONOSCO

O caminho do justo é todo plano; tu retamente pesas o andar do justo. Também no caminho dos teus juízos, senhor, te esperamos; no teu nome e na tua memória está o desejo da nossa alma. Isaías 26:7,8

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 11 DE DEZEMBRO

O caminho do homem de pé é reto, você suaviza o caminho da reta, seguindo o caminho de seus julgamentos, esperamos em ti, ó senhor, seu nome, sua memória são todos os desejos de minha alma. À noite, minha alma anseia por você e meu espírito em mim procura por você; quando seus julgamentos aparecem na terra os habitantes do mundo aprendem o significado de integridade.

PUBLICIDADE

Se o favor é mostrado aos ímpios, ele não aprende o significado de integridade, ele faz o mal na terra da retidão, ele não vê a majestade do senhor, ó senhor, sua mão está levantada, mas eles não o veem. Deixe-os ver seu amor invejoso por este povo e envergonhar-se, deixe o fogo preparado para seus inimigos consumi-los.

Ó senhor, Vós nos estais dando a paz, já que você nos trata como nossas ações merecem, ó senhor nosso Deus, outros senhores que não o senhor nos governou, mas não reconhecemos ninguém além de você, nenhum outro nome além do seu. Os mortos não ganharão vida, seus fantasmas não se levantarão, pois você os castigou, os aniquilou, e apagaram a memória deles.

Ampliai a nação, ó Senhor, ampliai-a, à nação conceder glória, estender todas as fronteiras do país, angustiados, nós o procuramos, ó senhor; a miséria da opressão foi seu castigo para nós. Como uma mulher com uma criança perto de seu tempo torce e grita em suas panquecas, também nós, ó senhor, estamos na sua presença: nós concebemos, nós escrevemos como se estivéssemos dando à luz; não demos o espírito de salvação à terra, não nascem mais habitantes do mundo.

Seus mortos ganharão vida, seus cadáveres irão se erguer; acordados, exultantes, todos vocês que se deitam na poeira, pois seu orvalho é um orvalho radiante e a terra dos fantasmas vai dar à luz. Vão para seus quartos, meu povo, feche suas portas atrás de você.

PUBLICIDADE

Escondam-se um pouco até que a fúria tenha passado, pois, veja, o Senhor logo sairá de sua morada, para punir todos os habitantes da Terra por seus crimes. A terra revelará seu sangue e não mais esconder sua morte.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Ó moradores no pó, despertai e cantai de alegria, pois o orvalho do Senhor vos trará luz, muitos dos que dormem no pó da terra despertarão, pois o orvalho do senhor vos trará luz.

PUBLICIDADE

SEGUNDA LEITURA

O amor deseja ver Deus

Quando Deus viu o mundo caindo em ruínas por causa do medo, agiu imediatamente para chamá-lo de volta para si mesmo com amor, ele o convidou por sua graça, preservou-o por seu amor e o abraçou com compaixão. Assim, quando a terra envelheceu no mal, Deus enviou o dilúvio tanto para castigá-la como para libertá-la.

Ele chamou Noé para ser o pai de uma nova era, exortou-o com palavras gentis, e mostrou sua confiança nele. Ele o instruiu sobre o presente e o tranquilizou sobre o futuro. Deus não apenas deu ordens, mas compartilhou o trabalho de fechar na arca tudo o que iria nascer no mundo no futuro. Assim, ao compartilhar no amor, ele tirou o medo servil, e protegeu com amor compartilhado o que quer que seu trabalho compartilhado tivesse salvo.

PUBLICIDADE

Assim Deus chamou Abraão para fora do mundo pagão, alongou seu nome de Abrão e o fez nosso pai na fé. Ele o acompanhou em suas viagens, o protegeu em terras estrangeiras, o enriqueceu com posses, e o honrou com vitórias. Fez-lhe promessas, salvou-o do mal, aceitou sua hospitalidade e o espantou dando-lhe a prole de que ele havia desesperado.

Abraão foi favorecido com tantas coisas boas e atraído pelo doce amor de Deus para que aprendesse a amar, não a temer: amor, não medo era para inspirá-lo a adorar. Assim, quando Jacó estava fugindo, Deus o consolou com um sonho e o despertou para o combate quando ele retornasse. Ele o abraçou nas garras de um lutador, para que ele amasse aquele que havia dado a batalha e não o temesse.

Assim Deus chamou Moisés como um pai o faria, foi com afeto paternal que ele o convidou a tornar-se o libertador de seu povo, mas em todos os acontecimentos que recordamos, a chama do amor de Deus incendiou os corações humanos e intoxicou os sentidos humanos. Feridos pelo amor, os homens ansiavam por ver Deus com seus olhos corporais.

Como nossa estreita visão humana poderia perceber alguém que o mundo inteiro não pode conter? O que será, o que deveria ser, o que pode ser a lei do amor não se importa com essas coisas, o amor não tem julgamento, razão, estratégia. O amor se recusa a ser consolado quando seu objetivo se mostra impossível, recusa-se a ser curado se seu objetivo for difícil de ser alcançado.

O amor destrói o amante se ele não puder obter o que ama, ele vai para onde é conduzido, não para onde deve ir, o amor dá à luz o desejo, ele irrompe em chamas e o fogo o atrai para buscar coisas proibidas, o que mais há a dizer? O amor não pode aceitar não ver o que ama, é por isso que os santos contavam o que mereciam como sendo nada se isso não significasse que eles pudessem ver o senhor.

Assim, embora um amor que deseja ver a Deus possa não estar desejando algo razoável, mas ainda assim seu desejo é uma coisa verdadeiramente boa, assim, foi o que Moisés ousou dizer: se eu encontrei favor em seus olhos, mostre-me seu rosto. Assim foi o que disse o salmista: mostrai-me o vosso rosto. Mesmo os pagãos estavam obedecendo ao mesmo impulso quando fizeram seus ídolos: ainda que estivessem equivocados, sabiam que tinham que ver com os olhos o que adoravam com seus corações.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO