Inspiração Diária com Deus de 11 de Novembro

PUBLICIDADE

Jovens fiéis – Inspiração Diária de 11 de Novembro

ORE CONOSCO 

No ano terceiro do reinado de Jeoiaquim, rei de Judá, veio Nabucodonosor, rei de babilônia, a Jerusalém, e a sitiou. E o senhor entregou nas suas mãos a Jeoiaquim, rei de Judá, e uma parte dos utensílios da casa de Deus, e ele os levou para a terra de Sinar, para a casa do seu deus, e pôs os utensílios na casa do tesouro do seu deus. Daniel 1:1,2

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 11 DE NOVEMBRO

O senhor entregou a Jeoiaquim, rei de Judá, nas suas mãos, com alguns dos móveis do Templo de Deus. Os levou para a terra de Sinar, e guardou os vasos sagrados, em o tesouro de seus próprios deuses.

PUBLICIDADE

O rei ordenou a Ascenaz, seu principal eunuco, que escolhesse de entre os israelitas a um certo número de rapazes de ascendência real ou nobre; tinham que ser sem defeito físico, de boa aparência, treinados em todo o tipo de sabedoria, bem informados, de rápido aprendizado, aptos para o serviço no palácio do rei. O mesmo Ashpenaz lhes ensinar a língua e a literatura dos caldeus.

O rei atribuiu uma quantidade diária de comida e de vinho de sua mesa real. Tinham que receber uma educação a duração de três anos, depois dos quais se esperava que fossem aptos para a sociedade do rei. Entre eles estavam Daniel, Ananias, Misael e Azarias, que eram judeus.

O general em chefe lhes deu outros nomes, chamando-a de Daniel Beltessazar, Hananias, Sadraque, Misael o de Mesaque, e a Azarias. Daniel, que estava muito ansioso por não se contaminar com a comida e o vinho da mesa real, rogou ao eunuco principal que lhe tornassem esta poluição; e pela graça de Deus, Daniel encontrou boa vontade e simpatia por parte do eunuco principal.

Mas advertiu a Daniel: “Tenho medo do rei, meu senhor: se atribuiu comida e bebida, e se você parece mais magro na cara que os outros meninos de sua idade, a minha cabeça está em perigo com o rei por sua culpa.” Para isto, Daniel se voltou para a guarda que o general em chefe foi atribuído a Daniel, Hananias, Misael e Azarias.

PUBLICIDADE

Disse: “Por favor, concede aos seus empregados um período de teste de dez dias, durante o qual apenas dar-nos legumes para comer e água para beber. Então, você pode comparar nossos olhares com as dos jovens que comem a comida do rei; segue o que vê, e trata seus empregados como corresponde”.

O homem concordou em fazer o que lhe pediram e os colocou em um juízo de dez dias. Terminados os dez dias, eles olharam e se encontravam em melhor estado de saúde que, em qualquer um dos meninos que haviam comido a sua mesada da mesa real; assim que o guarda retirou a sua mesada de comida e o vinho que deviam beber, e lhes dava legumes.

E Deus favoreceu a estes quatro jovens, com o conhecimento e a inteligência em tudo o que está relacionado com a literatura e a sabedoria; enquanto que Daniel tinha o dom de interpretar todo o tipo de visão e sonho. Quando terminou o período estabelecido pelo rei para o treinamento dos homens, o chefe dos eunucos os apresentou a Nabucodonosor.

O rei conversou com eles; e entre todos os rapazes não encontrou nenhum que igualara a Daniel, Hananias, Misael e Azarias. Assim que se tornaram membros da corte do rei, e em qualquer ponto de sabedoria ou informação que possa questionares, os achou dez vezes melhor do que todos os magos e encantadores de todo o seu reino. Daniel permaneceu ali até o primeiro ano do rei Ciro.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Todas as criaturas de nosso Deus e Rei, fala e canta com a gente: aleluia! Tu, que queimas o sol com um raio de ouro, tua lua prateada com o brilho mais suave: ou o elogiam! Aleluia! Tu que corres faz com que a arte seja tão forte, nuvens que navegam no céu, oh! Louvai-o, aleluia! A manhã que se levanta, em louvor, se alegra, tu, luzes da tarde, encontra-se uma voz.

A água que flui pura e clara, faça música para que seu senhor ouvir: aleluia! Teu fogo tão magistral e brilhante, isso dá calor e luz ao homem: oh louvai-o! Aleluia! E todos os homens de coração mole, perdoa os outros, toma a tua parte: oh, canta, aleluia! Tu, que suportadas longas dor e da tristeza, louvado seja Deus.

SEGUNDA LEITURA

Cristo quis salvar tudo o que perece.

Irmãos, devemos considerar Jesus cristo como Deus e juiz dos vivos e dos mortos, e não devemos subestimar o fato de nossa salvação. Se pensarmos um pouco sobre isso, significa que esperamos pouco. Além disso, as pessoas que ouvem estas coisas, e as consideram de pouca importância comete pecado, e nós mesmos pecamos, se não nos damos conta de como fomos chamados, quem nos chamaram, e onde, e quanto sofreu Jesus cristo por nós.

Como lhe havemos de enviar, então? O que podemos dar fruto que seja digno que ele nos deu? Por quantos benefícios não estamos em dívida com ele! Ele iluminou nossas mentes, nos chamou de filhos como um pai, ele nos salvou quando estávamos a ponto de morrer.

Como podemos, então, louvá-lo, como podemos pagar por seus dons? A fraqueza de nossas mentes adorávamos pedras e pedaços de madeira, ouro, prata e bronze, coisas feitas pelos homens, e toda a nossa vida era morte. As trevas nos têm se envolvido, e só a tristeza nos olhou para os olhos.

Então, por sua vontade, escapamos da nuvem que nos rodeava e recuperamos a vista. Ele viu nossos muitos erros e a condenação que nos esperava, e sabendo que além dele não tínhamos esperança de salvação, ele nos salvou compassivamente, e em sua misericórdia ele nos salvou. Ele nos chamou quando ainda não éramos seu povo e queria que nos contramotivos em seu povo.

Alegrem-se, ó mulher estéril que nunca deu à luz a uma criança; explodir em gritos de alegria, você que nunca conheceram o ventre de uma mãe, porque a mulher abandonada terá mais filhos do que os da que tem marido. Quando ele diz: alegra-te, mulher estéril que nunca teve um filho, fala de nós, porque a nossa Igreja era estéril, até que lhe deram os filhos.

Quando ela diz: “Empreende gritos de alegria, vós que nunca conhecestes o ventre de uma mãe, isso significa que não devemos cansar-nos como as mulheres no mercado de trabalho, mas oferecer as nossas orações a Deus, incansavelmente e com toda a simplicidade”. Ele declara que sua mulher abandonada terá mais filhos do que um marido, porque a fé fez com que o nosso povo, que parecia abandonado por Deus, seja mais numeroso que os que pensavam que o possuíam.

Outro texto diz: eu Não vim chamar os justos, mas os pecadores, porque são os que estão a ponto de morrer os que devem ser salvos. É um trabalho grande e maravilhoso apoiar os que estão a cair, em vez de para os que já estão desempregados. Cristo quis salvar as pessoas que se arriscavam a perder suas almas, e foi a salvação de muitos. Quando nos precipitamos no caminho da perdição, ele veio a chamar-nos.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO