Inspiração Diária com Deus de 14 de Abril

PUBLICIDADE

A vida dos filhos de Deus – Inspiração Diária de 14 de Abril

ORE CONOSCO 

Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro; sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre. 1 Pedro 1:22,23

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 14 DE ABRIL

Fostes obedientes à verdade e purificastes as vossas almas até que possais amar como irmãos, com sinceridade; que o vosso amor mútuo seja real e do coração o vosso novo nascimento não foi de nenhuma semente mortal, mas da palavra eterna do Deus vivo e eterno. Toda a carne é erva e a sua glória como a da flor selvagem.

PUBLICIDADE

A erva murcha, a flor cai, mas a palavra do Senhor permanece para sempre. Que palavra é essa? É a Boa Nova que vos foi trazida. Tende, pois, a certeza de que nunca sois rancorosos, ou enganadores, ou hipócritas, ou invejosos e críticos uns dos outros. Vocês são recém-nascidos e, como bebês, não devem ter fome de nada além de leite a honestidade espiritual que os ajudará a crescer para a salvação agora que já provaram a bondade do Senhor.

Ele é a pedra viva, rejeitada pelos homens, mas escolhida por Deus e preciosa para ele; ponde-vos perto dele para que também vós, o santo sacerdócio que oferece os sacrifícios espirituais que Jesus Cristo tornou aceitáveis a Deus, sejais pedras vivas fazendo uma casa espiritual. Como diz a escritura: vede como depósito em Sião uma pedra angular preciosa que escolhi e o homem que nela repousa a sua confiança não ficará desapontado.

Isso significa que para vós, que sois crentes, ela é preciosa; mas para os incrédulos, a pedra rejeitada pelos construtores provou ser a pedra chave, uma pedra para tropeçar, uma pedra para derrubar os homens. Eles tropeçam nela porque não acreditam na palavra; era o destino que lhes estava reservado.

Mas vós sois uma raça escolhida, um sacerdócio real, uma nação consagrada, um povo separado para cantar os louvores de Deus que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Outrora não eras um povo e agora és o Povo de Deus; outrora estiveste fora da misericórdia e agora recebeste misericórdia.

PUBLICIDADE

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Aproximai-vos e escutai, vós que temeis o Senhor, e eu direi tudo o que ele fez por mim, eu gritei-lhe em voz alta, e os seus elogios estavam na minha língua. Se eu olhasse para o pecado no fundo do meu coração, o senhor não me quis ouvir, mas o senhor ouviu, ele ouviu o grito do meu apelo.
Bendito seja Deus, que não desdenhou a minha oração, que não me escondeu a sua misericórdia.

SEGUNDA LEITURA

PUBLICIDADE

Era necessário que Cristo sofresse e assim entrasse na sua glória.

Cristo, que mostrou por suas palavras e ações que era verdadeiramente Deus e senhor do universo, disse aos seus discípulos quando estava prestes a subir para Jerusalém: Vamos agora para Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos gentios e aos principais sacerdotes e escribas para ser açoitado, escarnecido e crucificado.

Estas palavras abafaram as predições dos profetas, que tinham predito a morte que ele iria morrer em Jerusalém. Desde o início a Sagrada Escritura tinha predito a morte de Cristo, os sofrimentos que a precederiam e o que aconteceria com o seu corpo depois. As Escrituras também afirmavam que estas coisas iriam acontecer ao Deus que é imortal e incapaz de sofrer.

Como poderia ele ter sido Deus? Podemos aprender isto refletindo sobre a verdadeira natureza da Encarnação e encontrando aí a razão pela qual podemos acreditar verdadeira e justamente tanto na sua paixão como na sua impassibilidade: tanto que ele sofreu como que não estava na sua natureza sofrera razão, por outras palavras, a razão pela qual a Palavra de Deus, caso contrário impassível, chegou à sua paixão.

PUBLICIDADE

Na verdade, o homem não poderia ter sido salvo de outra forma, como só Cristo sabia, e aqueles a quem ele o revelou; pois, ele conhece todos os segredos do Pai, mesmo quando o Espírito penetra nas profundezas de todos os mistérios. Era necessário que Cristo sofresse: era impossível que a sua paixão não tivesse acontecido. Ele mesmo o disse quando chamou os seus companheiros de maçadores e lentos em acreditar porque não reconheceram que Ele tinha de sofrer e assim entraram na sua glória.

Deixando atrás de si a glória que tinha sido sua com o Pai antes que o mundo fosse feito, ele tinha saído para salvar o seu povo. Essa salvação, porém, só podia ser alcançada pelo sofrimento do autor da nossa vida, como Paulo ensinou quando disse que o próprio autor da vida foi aperfeiçoado pelo sofrimento.

Por causa de nós ele foi privado da sua glória por um tempo, a glória que era sua como Filho unigênito do Pai, mas através da cruz essa glória é vista como tendo sido restaurada a ele de uma certa forma no corpo que ele tinha assumido. Explicando a que água o Salvador se referia quando ele disse: aquele que tem fé em mim, terá rios de água viva correndo de dentro dele.

João diz em seu evangelho que ele estava falando do Espírito Santo que aqueles que criam nele deveriam receber, pois, o Espírito ainda não tinha sido dado porque Jesus ainda não tinha sido glorificado. A glorificação que ele queria dizer era a sua morte na cruz pela qual o Senhor orou ao Pai antes de sofrer a sua paixão, pedindo a seu Pai que lhe desse a glória que ele tinha em sua presença antes do mundo começar.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO