Inspiração Diária com Deus de 17 de Março

PUBLICIDADE

O bezerro de ouro – Inspiração Diária de 17 de Março

ORE CONOSCO 

Mas vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de Arão, e disse-lhe: Levanta-te, faze-nos deuses, que vão adiante de nós; porque quanto a este Moisés, o homem que nos tirou da terra do Egito, não sabemos o que lhe sucedeu. E Arão lhes disse: Arrancai os pendentes de ouro, que estão nas orelhas de vossas mulheres, e de vossos filhos, e de vossas filhas, e trazei-mos.Êxodo 32:1,2

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 16 DE MARÇO

Quando o povo viu que Moisés estava muito antes de descer o monte, reuniu-se em torno de Arão e disse-lhe: vem, faze-nos um deus para irmos à nossa frente; este Moisés, o homem que nos trouxe do Egito, não sabemos o que aconteceu com ele. Aarão respondeu-lhes: tirai as argolas de ouro dos ouvidos de vossas mulheres e de vossos filhos e filhas, e trazei-mas.

PUBLICIDADE

Então todos eles tiraram os anéis de ouro das orelhas e os trouxeram para Aaron. Ele os tirou das mãos deles e, em um molde, derreteu o metal e fundiu uma efígie de um bezerro. Aqui está o teu Deus, Israel’, gritaram eles ‘quem te tirou da terra do Egito!’. Observando isto, Aaron construiu um altar diante da efígie. “Amanhã” disse ele “será um banquete em honra do Senhor”.

E assim, no dia seguinte, cedo ofereceram holocaustos e trouxeram sacrifícios de comunhão; depois todo o povo se sentou para comer e beber, e depois se levantou para se divertir. Então o Senhor falou a Moisés: desce agora, porque o teu povo, que tiraste do Egito, apostatou. Eles foram rápidos em deixar o caminho que eu lhes tracei; eles fizeram para si um bezerro de metal fundido e adoraram-no e ofereceram-lhe sacrifício. “Aqui está o teu Deus, Israel”, gritaram eles “que te trouxe da terra do Egito”!

O senhor disse a Moisés: vejo como este povo é forte de cabeça! Deixai-me, agora, a minha ira arderá contra eles e os devorará; de vós, porém, farei uma grande nação. Mas Moisés suplicou ao Senhor seu Deus. Senhor, disse ele porque a tua ira se levantaria contra este teu povo que tiraste da terra do Egito com braço estendido e poderosa mão?

Por que deixar os egípcios dizerem: “Ah! Foi em traição que ele os tirou para fora, para fazê-los morrer nas montanhas e limpá-los da face da terra”? Deixai a vossa ira ardente; rendei-vos e não tragais este desastre ao vosso povo. Lembrai-vos de Abraão, de Isaac e de Jacó, vossos servos, a quem por vós mesmos jurastes e fizestes esta promessa: “Farei que os vossos descendentes sejam tantos quanto as estrelas do céu, e toda esta terra que prometi dar aos vossos descendentes, e será herança deles para sempre”. Então o Senhor cedeu e não trouxe sobre o seu povo o desastre que ele tinha ameaçado.

PUBLICIDADE

Moisés fez seu caminho de volta pela montanha com às duas tábuas do Testemunho em suas mãos, tábuas inscritas em ambos os lados, inscritas na frente e nas costas. Estas tábuas eram obra de Deus, e a escrita nelas era a escrita de Deus gravada nas tábuas. Josué ouviu o barulho do povo gritando. “Há o som da batalha no campo”, disse ele a Moisés. Moisés respondeu-lhe: nenhuma canção de vitória é este som, sem lamentos por derrotar este som; é o som de cantar que ouço.

Quando ele se aproximou do acampamento e viu o bezerro e os grupos dançando, a raiva de Moisés resplandeceu. Ele jogou as tábuas que segurava e as quebrou no sopé da montanha. Pegou no bezerro que tinham feito e queimou-o, moendo-o em pó, que ele espalhou sobre a água; e fez os filhos de Israel bebê-lo.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Senhor, como tu tiveste fome e sede, ensina-nos, morrer para si mesmo, e principalmente viver pela tua santíssima palavra. E através destes dias de penitência, cada vez mais na vida e na morte, Jesus, fica conosco. Permanece perto de nós, que assim, esta vida de sofrer em demasia, uma Páscoa de alegria sem fim que podemos finalmente alcançar.

PUBLICIDADE

SEGUNDA LEITURA

A oração bate, o jejum obtém, a misericórdia recebe.

Há três coisas, meus irmãos, pelas quais a fé permanece firme, a devoção permanece constante e a virtude perdura. Elas são oração, jejum e misericórdia. A oração bate à porta, o jejum obtém, a misericórdia recebe. Oração, misericórdia e jejum: estes três são um só, e eles dão vida um ao outro.

PUBLICIDADE

O jejum é a alma da oração, a misericórdia é o sangue vital do jejum. Que ninguém tente separá-los; eles não podem ser separados. Se só têm um deles ou não estão todos juntos, não têm nada. Portanto, se você reza, jejue; se você jejua, tenha misericórdia; se você quer que seu pedido seja ouvido, ouça o pedido dos outros. Se você não fechar o ouvido para os outros, você abre o ouvido de Deus para si mesmo.

Quando você jejua, veja o jejum dos outros. Se você quer que Deus saiba que está com fome, saiba que outro está com fome. Se você espera por misericórdia, mostre misericórdia. Se você procura por bondade, mostre bondade. Se você quer receber, dê. Se você pede para si mesmo o que você nega aos outros, seu pedido é um escárnio.

Que este seja o padrão para todos os homens quando praticam a misericórdia: mostra misericórdia aos outros da mesma maneira, com a mesma generosidade, com a mesma prontidão, como queres que os outros tenham misericórdia de ti. Portanto, que a oração, a misericórdia e o jejum sejam um único apelo a Deus em nosso favor, um discurso em nossa defesa, uma tríplice oração unida em nosso favor.

Usemos o jejum para compensar o que perdemos, desprezando os outros. Ofereçamos as nossas almas em sacrifício por meio do jejum. Não há nada mais agradável que possamos oferecer a Deus, como disse o salmista em profecia: um sacrifício a Deus é um espírito quebrantado; Deus não despreza um coração machucado e humilhado.

Oferecei a Deus a vossa alma, fazei-lhe uma oblação do vosso jejum, para que a vossa alma seja uma oferta pura, um sacrifício santo, uma vítima viva, permanecendo vossa e, ao mesmo tempo, entregue a Deus. Quem deixar de dar isto o Deus não será desculpado, pois, se lhe quiseres dar tu mesmo, nunca ficarás sem os meios para dar.

Para que isto seja aceitável, é preciso acrescentar misericórdia. O jejum não dá frutos, a menos que seja regado pela misericórdia. O jejum seca quando a misericórdia seca. Misericórdia é jejuar como a chuva é para à terra. Por mais que cultives o teu coração, limpa o solo da tua natureza, desenraíza os vícios, semeia virtudes, se não libertares as fontes da misericórdia, o teu jejum não dará frutos.

Quando jejuares, se a tua misericórdia for fina, a tua colheita será fina; quando jejuares, o que derramares em misericórdia transbordará para o teu celeiro. Portanto, não percais por salvação, mas recolhei-vos por dispersão. Dai aos pobres, e dai a vós mesmos. Não te será permitido guardar o que te recusaste a dar aos outros.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO