Inspiração Diária com Deus de 26 de Janeiro

PUBLICIDADE

Profetas verdadeiros e falsos – Inspiração Diária de 26 de Janeiro

ORE CONOSCO 

Os sacerdotes levitas, toda a tribo de Levi, não terão parte nem herança com Israel; das ofertas queimadas do SENHOR e da sua herança comerão. Por isso não terão herança no meio de seus irmãos; o Senhor é a sua herança, como lhes tem dito. Deuteronômio 18:1,2

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 26 DE JANEIRO

Os sacerdotes, levitas, isto é, toda a tribo de Levi, não terão qualquer parte ou herança com Israel; viverão do alimento oferecido ao Senhor e de suas ações. Esta tribo não terá herança no meio de seus irmãos; o Senhor será a sua herança, como lhes foi prometido.

PUBLICIDADE

Estas são as ações do povo, aqueles que oferecem um boi ou um carneiro como sacrifício: o sacerdote deve dar o ombro, as bochechas e o estômago. Você deve dar-lhe as primícias do teu grão, o teu mosto e o teu azeite, e a primeira tosquia de suas ovelhas.

Porque o Senhor teu Deus o escolheu de entre todas as tuas tribos, para que esteja diante do Senhor teu Deus, para que cumpra com os deveres do sagrado ministério e para que abençoe a ele e a seus filhos, para sempre em o nome do Senhor.

Se o levita que vive em uma de vossas cidades, em qualquer parte de Israel, decide vir ao lugar que o Senhor escolher, vos servir no nome do Senhor seu Deus, como todos os seus colegas levitas que vos servem na presença do Senhor, e comerá em partes iguais com eles, sem contar os direitos que tem sobre as famílias levitas, os bens que tiver vendido.

Quando você chegar à terra que o Senhor teu Deus te dá, não deves cair no hábito de imitar as práticas detestáveis dos nativos. Nunca deve haver ninguém entre vocês que faça passar seu filho ou sua filha pelo fogo, que pratique a adivinhação, que seja vidente, augurador ou feiticeiro, que use o feitiço, que consulte os fantasmas ou espíritos, ou que ligue para os mortos.

PUBLICIDADE

Porque o homem que faz essas coisas é detestável ao Senhor teu Deus; é por essas práticas detestáveis que o Senhor teu Deus está guiando a estas nações de diante de ti.

Deve ser inteiramente fiel ao Senhor, teu Deus. Porque estas nações, que expropias podem ouvir os adivinhos e os feiticeiros, mas este não é o presente que faz o Senhor teu Deus: o Senhor teu Deus levantará um profeta como eu entre vós, entre os vossos irmãos; deveis ouvi-lo.

Isto é o que vós mesmos pedistes ao Senhor vosso Deus, em Horebe, no dia da Assembléia. Não me deixe ouvir mais -disse a voz do Senhor meu Deus, nem olhar para este grande fogo, ou morrerei!”; e o Senhor me disse: “Tudo o que disseram está bem dito. Lhes suscitarei um profeta como tu dentre seus irmãos; porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes dirá tudo o que lhe ordenou.

O homem que não ouvir as minhas palavras, que fale em meu nome, estará obrigado a responder perante mim. Mas o profeta que presumir de dizer em meu nome alguma coisa que não lhe mandei dizer, ou que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá.

PUBLICIDADE

Podem dizer em seus corações: “Como podemos saber qual é a palavra que não foi pronunciada pelo Senhor? Quando um profeta fala em nome do Senhor, e a coisa não acontece e a palavra não se cumpre, então não foi falada pelo Senhor. O profeta falou com presunção. Não tem nada que temer dele.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Louvar-te-ei até os céus, ó Deus, meu rei, bendirei o teu nome para sempre e para sempre, te louvarei, ó Deus, dia a dia, louvarei o teu nome para sempre e para sempre e para sempre. O senhor é grande, e a Ele deve-se a ele todo louvor é um exagero.

A geração passará a geração de louvor de suas ações, e contar as maravilhas que fizeste, eles falarão de seu esmagador poder, e transmitir o relato de sua grandeza. Gritarão a história de sua grande bondade, realizar seus julgamentos.

PUBLICIDADE

O Senhor tem misericórdia, seu coração é misericordioso, é paciente e infinitamente bom, o senhor é gentil com todos, mostra a sua bondade com toda a sua criação.

SEGUNDA LEITURA

Cristo está presente na sua Igreja.

Cristo está sempre presente na sua Igreja, especialmente nas ações da liturgia. Está presente no sacrifício da Missa, na pessoa do ministro (é o próprio Cristo que se ofereceu em primeiro lugar na cruz e que agora oferece pelo ministério dos sacerdotes) e sobretudo sob as espécies eucarísticas.

Ele está presente nos sacramentos com seu poder, de modo que, quando alguém batiza, o próprio Cristo batiza. Está presente na sua palavra, pois é ele mesmo quem fala quando se lêem as Sagradas Escrituras na Igreja. Finalmente, está presente quando a Igreja reza e canta, porque ele mesmo prometeu: Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.

Porque nesta grande obra que torna perfeita a glória de Deus e traz a santidade para os homens, Cristo sempre une em parceria com ele a sua amada Esposa, a Igreja, que a chama Senhor e por meio dele, da adoração ao Pai eterno.

É justo, portanto, considerar a liturgia como exercício do ofício sacerdotal de Jesus cristo, em que, através dos sinais dirigidos aos sentidos, o homem, significa a sua santificação e, de maneira própria de cada um destes sinais, se há dinheiro, e o que o culto público é realizado em sua plenitude pelo corpo místico de Jesus cristo, isto é, sua cabeça e seus membros.

Por conseguinte, toda a celebração litúrgica, como atividade de Cristo sacerdote e de seu corpo, que é a Igreja, é uma ação sagrada de tipo proeminente. Nenhuma outra ação da Igreja é equivalente ao título de poder ou ao seu grau de eficácia.

Na liturgia da terra nos é dada a experimentar e participar na liturgia do céu, celebrada na cidade santa de Jerusalém, meta de nossa peregrinação, onde Cristo está sentado à direita de Deus, como ministro do santuário e do verdadeiro tabernáculo.

Com toda a companhia do céu, nós cantamos um hino de louvor ao Senhor; enquanto adoramos a memória dos santos, esperamos ter parte com eles e participar de sua comunhão; esperamos o Salvador, nosso Senhor Jesus cristo, até que ele, que é a nossa vida, se aparecer e nós apareçamos com ele na glória.

De acordo com uma tradição apostólica que tem sua origem no próprio dia da Ressurreição de Cristo, a Igreja celebra o Mistério Pascal a cada oitavo dia, no dia que com razão se chama Dia do Senhor.

No domingo, os fiéis cristãos devem reunir-se para que, ouvindo a palavra de Deus e compartilhando a Eucaristia, lembrem-se da paixão, morte e ressurreição do Senhor Jesus e darem graças a Deus que lhes deu um novo nascimento para uma esperança viva pela ressurreição de Jesus cristo dentre os mortos.

O dia do Senhor é, portanto, a primeira grande festa, que deve prevalência sobre o normal da devoção amorosa dos fiéis e imprimir-se nela, para que também seja um dia de alegria e de libertação do trabalho. As outras celebrações não devem prevalecer sobre ela se não são, verdadeiramente, da maior importância, já que é o fundamento e o núcleo de todo o ano litúrgico.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO