Inspiração Diária com Deus de 26 de Novembro

PUBLICIDADE

A vitória e a arrogância – Inspiração Diária de 26 de Novembro

ORE CONOSCO 

E levantei os meus olhos, e vi, e eis que um carneiro estava diante do rio, o qual tinha dois chifres; e os dois chifres eram altos, mas um era mais alto do que o outro; e o mais alto subiu por último. Daniel 8:3

LEITURA E INSPIRAÇÃO DE 26 DE NOVEMBRO

Alexandre da Macedônia, filho de Filipe, que havia vindo da terra de Cristóvão e derrotou Dario, rei dos persas e dos medos, que lhe sucedeu como monarca, o princípio de Ellade. Empreendeu várias campanhas, tomou posse de muitas fortalezas e matou os reis locais.

Assim que avançou até os confins da terra, saqueando a nação após nação e a terra ficou em silêncio diante dele, e o seu ambicioso coração se encheu de orgulho. Reuniu forças muito poderosas e submeteu-se às províncias, nações e os príncipes, e eles se tornaram seus tributários. Mas chegou o momento em que Alexandre tomou a sua cama, sabendo que estava morrendo.

Chamou seus companheiros, nobres que tinham sido criados com ele desde a sua juventude, e dividiu seu reino entre eles, enquanto ainda vivia. Alexandre havia reinado doze anos ao morrer. Cada um de seus companheiros instalou-se em sua própria região. Todos tomaram coroas, depois de sua morte, eles e seus filhos depois deles durante muitos anos, trazendo males crescentes no mundo.

Deles nasceu um ramo pecaminosa, Antíoco Epífanes, filho do rei Antíoco; uma vez refém de Roma, tornou-se rei no ano cento e trinta e sete do reino dos gregos. Foi então que uma série de renegados emergiram de Israel, que levou muita gente à deriva. Vamos, chegamos a um entendimento com os pagãos que nos cercam, porque, desde que nós nos separamos deles muitas desgraças nos ultrapassaram.

Esta proposta foi aprovada, e várias pessoas se aproximaram voluntariamente ao rei, que lhes autorizou a praticar as observavam pagãs. Assim que construíram um ginásio em Jerusalém, como os pagãos, vestiram sua circuncisão, e deixaram o pacto sagrado, submetendo-se à regra pagã como escravos voluntários da impiedade.

ORAÇÃO PELO DIA DE HOJE

Senhor eu sei a minha sabedoria, eu sei que a minha verdadeira palavra, está sempre comigo, e eu contigo, senhor; sei que é meu Pai e eu sou o seu verdadeiro filho; tu habitarás em mim, e eu serei um contigo.

Seja o meu escudo, a minha espada para a luta; eu sei toda a minha armadura, seja a minha verdadeira força; seja o refúgio de minha alma, seja o meu forte: me leve ao céu, com grande poder.

SEGUNDA LEITURA

Promovendo a paz.

A paz não é simplesmente ausência de guerra ou a simples manutenção de um equilíbrio de poder entre as forças, nem pode ser imposta aos ditames do poder absoluto. Chama-Se correta e adequadamente a obra da justiça. É o produto da ordem, a ordem implantado na sociedade humana pelo seu divino fundador, para ser realizado, na prática, como a fome e a sede de uma justiça cada vez mais perfeita.

O bem comum do gênero humano está sujeito à lei eterna, como princípio fundamental, mas de suas necessidades práticas continuam mudando com o passar do tempo. O resultado é que a paz nunca se estabelece definitivamente e para sempre; a construção da paz deve continuar durante todo o tempo. Mais uma vez, a vontade humana é fraca e está ferida pelo pecado, a busca da paz exige, portanto, um controle contínuo das paixões, por parte de cada indivíduo, e uma vigilância incansável por parte de autoridade legítima.

Nem mesmo isso é suficiente, a paz aqui na terra, não se pode manter, a menos que se salvaguarde o bem da pessoa humana, e as pessoas estão dispostas a confiar umas nas outras e a compartilhar suas riquezas de espírito e talento. Para estabelecer a paz é absolutamente necessário ter a firme determinação de respeitar as pessoas e os povos, e a sua dignidade, e ser zeloso na prática da fraternidade.

A paz é assim também fruto do amor, e o amor vai muito mais além do que a justiça consegue alcançar. A paz na terra, nascida do amor ao próximo, é o sinal e o efeito da paz de Cristo que brota de Deus Pai. Na sua pessoa, o Filho encarnado, Príncipe da Paz, reconciliou todos os homens com Deus através da sua morte na cruz. Em sua natureza humana destruiu o ódio e restaurou a unidade de toda a humanidade em um só povo e um só corpo, sem a ressurreição, enviou o Espírito de amor aos corações dos homens.

Todos os cristãos são urgentemente chamados a viver a verdade em amor e juntar-se a todos os verdadeiros pacificadores, a oração e o trabalho pela paz. Movidos pelo mesmo espírito, não podemos deixar de louvar aqueles que renunciam à violência em defesa dos direitos e recorrem a meios de defesa que de outro modo estariam à disposição até mesmo dos menos poderosos, sempre que isto se possa fazer sem lesar os direitos e obrigações de outros ou da comunidade.

INSPIRAÇÃO DO DIA – ORAÇÃO E ESTUDO BÍBLICO 🙏


Espero que tenham gostado da Oração e Estudo Bíblico de hoje!

🙏 Envie a palavra de Deus para pessoas queridas ❤️🙏

        Enviar para Alguém PARTICIPAR DO GRUPO